Já conheces o meu livro?

Newsletter

back to top
MAIN02

Olá! eu sou a laura

Sou designer gráfico e ilustradora, autora de um livro que fala de amor, fundadora de uma plataforma de escrita criativa, licenciada em comunicação e fascinada por marketing digital. Diariamente, o meu trabalho passa por criar conteúdo escrito e visual para que marcas possam comunicar de forma mais eficaz a sua mensagem online e crescer.

Juntos vamos levar o teu projeto online mais longe também?

Newsletter

Subscreve os meus emails para saberes quando um novo texto é publicado. Para eu saber de ti. Para trocarmos ideias. Para conversarmos mais informalmente.

 

O livro

Mais de 70 histórias de amor numa escrita simples, emotiva e intimista. Este é um livro que te vai fazer sorrir, sonhar e suspirar por mais, mas também questionar a essência da vida a dois. Um livro repleto de emoções fortes.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

BLOGUE

O caminho que nos ensina

Há momentos da nossa vida em que desejamos tanto ir por um caminho diferente. Estamos fartos dos obstáculos, das dificuldades. Estamos fartos de não saber como agir, o que fazer, o que dizer. Estamos fartos de não saber o que sentir. Fartos, sobretudo, da dor. Nesses momentos, a vida encosta-nos à parede e não nos dá outra alternativa senão aguentar. Aguentamos a custo. Sentimos tanto. Choramos. Questionamos tudo. E, no âmago, só temos espaço para desejar para nós um caminho diferente, que seja mais leve.

Mas, por vezes, esse caminho mais leve não é o melhor para nós. Porque aquilo de que precisamos, para a nossa vida, é de ir pelo caminho mais difícil — pelo que tem mais obstáculos, pelo que dói mais no corpo, pelo que nos faz sentir não ter alternativa. E aguentamos a (muito) custo. Sentimos tanto (e tudo). Choramos tanto (e tudo). Questionamos tudo (e tantas vezes). Até percebermos que há sempre alternativa. Até sermos invadidos por uma força interior que nos dá, finalmente, a certeza de que somos capazes de enfrentar e superar tudo.

E ressurgimos. Com mais força. Adaptamo-nos. Reinventamo-nos. E percebemos, por fim, que, afinal, esse caminho tão difícil era necessário. Para crescermos. Para mudarmos. Para evoluirmos. Para vermos a vida de uma forma diferente. Para aprendermos uma forma diferente de existir. Uma forma melhor, e mais sábia, de existir. ↟  

COMENTAR / PARTILHAR »

Dizer não

Aprender a dizer não. Dar passos a um ritmo que seja o nosso. Reconhecer que qualquer realidade pode assumir mais do que uma tonalidade, dependendo de quem a vive e sente. Respeitar essa diferença. E respeitar, acima de tudo, que essa diferença é razão suficiente para se querer e sentir algo diferente do outro. Aprender a dizer não, mesmo quando o mundo inteiro nos força a um sim — quando é a resposta mais difícil. Aprender a dizer não ao outro, mas também a nós mesmos — porque, por vezes, também é preciso.  

COMENTAR / PARTILHAR »